Estudiantes del Libro de Urantia
Bienvenido a EstudiandoUrantia! Regístrate para participar del Foro.

Bem-vindo a EstudandoUrantia! Cadastre-se e participe do Fórum.

Welcome to Estudiandourantia! Register to participate.

Estudiantes del Libro de Urantia

Estudiantes del Libro de Urantia, la quinta revelación epocal - Estudantes do Livro de Urântia, a quinta revelação de época.
ÍndiceCalendarioFAQBuscarRegistrarseConectarse
El Discernimiento Espiritual mayo 2010 by FELU Beethoven - Claro de luna by agonzalez The Mission Gabriel s Oboe. by adagio_cantabile Ultimate Secret Garden by hieuluoi Song From Secret Garden by Shohreh

Comparte | 
 

 ESCRITO 39 - A ILUMINAÇÃO DIVINA DA CONSCIÊNCIA HUMANA.

Ver el tema anterior Ver el tema siguiente Ir abajo 

Avalie este Escrito.
Excelente
0%
 0% [ 0 ]
Muito bom
0%
 0% [ 0 ]
Bom
0%
 0% [ 0 ]
Regular
0%
 0% [ 0 ]
Péssimo
0%
 0% [ 0 ]
Votos Totales : 0
 

AutorMensaje
Celina Maura Nantes
Admin


Cantidad de envíos : 633
Fecha de inscripción : 19/11/2008
Edad : 46
Localización : Asunción - Paraguay.

25022009
MensajeESCRITO 39 - A ILUMINAÇÃO DIVINA DA CONSCIÊNCIA HUMANA.

DE: JAIME DIAZ PAGE (México)
Tradução: Celina Maura (Brasil)
AGOSTO 2006

ESCRITO 39

A ILUMINAÇÃO DIVINA DA CONSCIÊNCIA HUMANA

ANTECEDENTES


Amados irmãos e amigos, as verdades divinas citadas a continuação têm o propósito de ajudar-nos a compreender o conceito de: “A Iluminação Divina da nossa Consciência Humana” de acordo com a Revelação Divina contida no Livro de Urântia, a revelação atual de Deus Pai ao homem, para estes tempos e os que virão.


A) Os Mandatos divinos do Pai Universal:

“Sede perfeitos, assim como eu sou perfeito.” “Amarás o Senhor, teu Deus, com todo teu coração e com toda a tua alma, com toda tua mente e com toda a tua força.” “Amarás ao teu próximo como a ti mesmo”.


B) Jesus e Nicodemos:

Jesus respondeu a Nicodemos: “Em verdade, em verdade, eu te digo, Nicodemos, a menos que um homem tenha nascido do alto, ele não pode ver o reino de Deus”. Jesus disse: “Contudo, eu asseguro-te que a menos que um homem tenha nascido do espírito, ele não pode entrar no reino de Deus.” O homem deveria deixar-se conduzir pelo espírito interior para nascer do espírito, dessa maneira o homem desejará fazer a vontade do Pai que está no céu, produzindo em sua vida diária os frutos do espírito que lhe permitirão entrar ao reino do Pai eterno.

C) Todos os homens são filhos de Deus:

Jesus disse aos apóstolos que saíssem a pregar o amor de Deus e o serviço aos homens; que o que o mundo mais necessita saber é do que todos os homens são filhos de Deus, e que pela podem compreender e experimentar diariamente essa enobrecedora verdade; que pela podem conseguir captar que são os filhos espirituais vivos do Pai eterno. O evangelho do reino se ocupa do amor do Pai e do serviço aos seus filhos na Terra.

D) Jesus revelou ao Pai Universal na carne faz mais de 2000 anos.

Na décima sexta aparição moroncial de Jesus aos apóstolos, crentes e discípulos, lhes disse. “Desde o começo da minha estada aqui como um de vós, ensinei-vos que minha única finalidade era revelar meu Pai que está no céu aos seus filhos da Terra. Vivi a outorga de revelar Deus para que possais experimentar a carreira de conhecer a Deus. Revelei Deus como vosso Pai que está no céu; revelei-vos que sois os filhos de Deus na Terra. É um fato que Deus ama os seus filhos. Pela fé em minhas palavras, esse fato se torna uma verdade eterna e vivente em vossos corações. Quando, pela fé vivente, voltais-vos divinamente conscientes de Deus, então nasceis do espírito como filhos da luz e da vida, da mesma vida eterna com a que ascendereis o universo dos universos e conseguireis a experiência de encontrar a Deus Pai no Paraíso.

E) Os Fundamentos do Reino:

Na mesma aparição moroncial Jesus disse aos apóstolos, discípulos e crentes, “Exorto-vos a que recordeis sempre que vossa missão entre os homens consiste em proclamar o evangelho do reino – A REALIDADE DA PATERNIDADE DE DEUS E A VERDADE DA FILIAÇÃO DOS HOMENS. Proclamai a verdade total das boas-novas, e não apenas uma parte do evangelho salvador. A filiação com Deus, pela , continua sendo a verdade salvadora do evangelho do reino.”

F) A Fé:
A crença chega ao nível da quando motiva nossa vida e domina plenamente nossa maneira de viver. 1114:6 .

A fé nos abre a porta ao mundo da divindade, à verdadeira experiência espiritual com Deus, nosso Ajustador do Pensamento. 1141:5.

A fé nos introduz de imediato ao reino de Deus, por meio da nossa sinceridade e desejo de retidão, mudando nossa mentalidade para ser como Deus e encontrar Deus. 1861:2,3,4

A fé nos permite reconhecer a validez da consciência espiritual de Deus em nós, quando experimentamos a residência ou presença de Deus em nosso interior (o Ajustador) 1139:5,6.

A fé alimenta e mantém nossa alma ao orientar-nos em direção a Deus. 1460:3

A fé permite que Deus se revele em nossa alma. 1106:10


A fé viva é um atributo real que surge em nossa experiência religiosa pessoal genuína com a divindade (o Ajustador).A fé é uma experiência viva que compreende significados espirituais, ideais divinos, valores supremos e o conhecimento de Deus. 1114:5,6,7.

A fé – o discernimento religioso humano — pode ser instruída com segurança por meio da revelação e elevar-se pela experiência pessoal com a presença espiritual do Ajustador divino que é espírito. Se requere da revelação para validar nossa fé ou discernimento espiritual interior. 1137:7; 1106:3.

A fé: é a inspiração da nossa imaginação criativa imbuída de espírito 1459:5 .
Já que Deus impregna nossa alma com os valores supremos ou divinos durante a comunhão com ele, nossa fé emerge em grandeza espiritual. A fé atua para liberar o potencial divino do Ajustador do Pensamento (Deus) que vive em nossa mente, enobrecendo nossa alma e inspirando nossa mente 1459:6.

G) O Caminho da Oração e da Adoração ao Pai divino:

Jesus ensina que a oração e a ação de graças ao Senhor nos ajuda a aumentar nossa capacidade para receber a presença do espírito de Deus, e que a verdadeira oração nos conduz à verdadeira adoração ao Pai divino. A adoração é o ato em que comungamos pessoalmente com Deus. Uma pessoa que realmente conhece a Deus, está iluminada interiormente pela adoração e exteriormente se dedica ao serviço total e sincero da irmandade universal de todas as personalidades. A adoração é divinamente criativa e nos conduz à recepção da graça divina. A adoração a Deus é nosso primeiro dever e o maior privilégio que temos como filhos de Deus. 1616:5; 1640:4. 1175:2; 303:6.

H) O Reino do Céu:

O apóstolo João perguntou a Jesus: “Mestre, o que é o reino do céu?” E Jesus respondeu: “O reino do céu consiste nestes três princípios básicos: primeiro, o reconhecimento do fato da soberania de Deus; segundo, a crença na verdade da filiaçãocom Deus; e terceiro, a fé na eficácia do desejo supremo humano de fazer a vontade de Deus – de assemelhar-se a Deus. E esta é a boa-nova do evangelho: que por meio da fé, cada mortal pode possuir todos esses princípios básicos para a salvação.” 1585:7; 1586:1.

I) Fazer a Vontade de Deus:

O Pai Celestial deseja que todos nós, seus filhos, estejamos em comunhão pessoal com Ele. Compartilhar nossa vida interior com Ele, é fazer a vontade de Deus. 63:7; 1221:3.

Jesus veio para criar um novo espírito em nós, uma nova vontade para dotar-nos de uma nova capacidade para conhecer a verdade e estar em harmonia com a vontade de Deus, tudo isso unido ao impulso eterno de tornar-nos perfeitos, bem como o Pai que está no céu é perfeito. 1583:7.


Jesus nos ensina que não há aventura mais satisfatória e emocionante do que descobrir e fazer a vontade de Deus; que todo filho de Deus que segue a guia do seu espírito interior pessoal, conhecerá a vontade de Deus e viverá para sempre. Que nos assemelhemos a Deus, é a vontade de Deus. Para assemelhar-nos a Ele devemos acercar-nos a Ele e comungar com Ele por meio da oração e da adoração à sua Divina Presença que em nós mora, recebendo dessa maneira sua graça divina. Ao comungar com Ele poderemos conhecer sua vontade e fazê-la em qualquer atividade da vida terrenal. Quando a vontade de Deus se torna nossa vontade então entramos ao reino de Deus aqui na Terra e somos elevados à posição de filhos livres de Deus, filhos liberados do reino. 1732:4; 1642:3;1586:1;1515:5;1589:1.

J) A Iluminação e a Graça Divina:

O Pai Universal nos inspira à aventura ascendente de encontrar-lhe pelos caminhos assinalados por seus Filhos Divinos, por meio do Ministério da Graça de Deus o Espírito. 53:7.
Jesus nos ensina que a vida na criação de Deus não é ociosidade e repouso sem fim, senão uma progressão contínua na Graça, na Verdade e na Glória. Que nos asseguremos que a Verdade more em nossas vidas e de que cresçamos diariamente na Graça de Deus. O Pai requer que cresçamos na Graça e no conhecimento da Verdade. A recepção da Graça divina nos transforma, em resposta a nossa fé e amor ao Pai divino; porque quanto mais procuremos os conceitos da bondade divina, mais cresceremos em graça, em grandeza espiritual. A grandeza é sinônimo de divindade. Jesus nos diz que somos justificados por nossa fé vivente e pessoal e admitidos no reino do Pai pela Graça divina. 1953:4;1917:2;1920:1;317:3;1686:6;1610:1;

Podemos dizer que “a Graça Divina” consiste na ministração gradual e espiritual dos conceitos da Bondade divina a nossa alma. É dessa maneira que nossa alma alcança a iluminação espiritual pelos valores divinos recebidos em nossa busca sincera de Deus, da verdade divina, tendo-nos submetido à guia divina do nosso Ajustador do Pensamento que é Deus. Nossa alma moroncial alimentada e iluminada pela Graça Divina, assemelha-se cada vez mais a Deus, ao espírito Ajustador que vive em nossa mente humana, conseguindo a sobrevivência eterna mesmo antes de abandonar o corpo físico na Terra.

Jesus nos diz que procuremos os valores da bondade divina no mundo espiritual, nos níveis divinos das realidades eternas, onde atingimos a divindade em nós mesmos. Isso deve realizar-se por meio da meditação espiritual adoradora a Deus Pai com regularidade e em privacidade. 1457:2; 1100:1.




NOTA: Este trabalho usa citações procedentes de The Urantia Book, © 1955 Urantia Foundation, 533 Diversey Parkway, Chicago, Illinois 60614, EE.UU; +1 (773) 525-3319; http://www.urantia.org/spanish ; todos os direitos reservados. Os pontos de vista expressados neste trabalho são do autor e não representam necessariamente os pontos de vista da Fundação Urantia ou de suas filiais.
Volver arriba Ir abajo
http://estudiandourantia.2forum.biz/forum.htm

 Temas similares

-
» Escrito en los huesos
» La Electrosensibilidad Humana
» LO QUE NO ESTA ESCRITO
» FOTOSÍNTESIS HUMANA - Descubrimiento Milagroso
» La partícula divina la unidad del universo - Libro completo de Rafael Poza
Compartir este artículo en : Excite BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahooSmarking

ESCRITO 39 - A ILUMINAÇÃO DIVINA DA CONSCIÊNCIA HUMANA. :: Comentarios

Sin Comentarios.
 

ESCRITO 39 - A ILUMINAÇÃO DIVINA DA CONSCIÊNCIA HUMANA.

Ver el tema anterior Ver el tema siguiente Volver arriba 

Página 1 de 1.

Permisos de este foro:No puedes responder a temas en este foro.
Estudiantes del Libro de Urantia :: Trabajos sobre "El Libro de Urantia" - Trabalhos sobre "O Livro de Urântia" :: Estudos sobre O Livro de Urântia-
Cambiar a:  
Un foro gratis | © phpBB | Foro gratis de asistencia | Contactar | Denunciar un abuso | foro gratis