Estudiantes del Libro de Urantia
Bienvenido a EstudiandoUrantia! Regístrate para participar del Foro.

Bem-vindo a EstudandoUrantia! Cadastre-se e participe do Fórum.

Welcome to Estudiandourantia! Register to participate.

Estudiantes del Libro de Urantia

Estudiantes del Libro de Urantia, la quinta revelación epocal - Estudantes do Livro de Urântia, a quinta revelação de época.
ÍndiceCalendarioFAQBuscarRegistrarseConectarse
El Discernimiento Espiritual mayo 2010 by FELU Beethoven - Claro de luna by agonzalez The Mission Gabriel s Oboe. by adagio_cantabile Ultimate Secret Garden by hieuluoi Song From Secret Garden by Shohreh

Comparte | 
 

 ESCRITO 40 - SOMOS FILHOS DE DEUS?

Ver el tema anterior Ver el tema siguiente Ir abajo 

Avalie este Escrito.
Excelente
0%
 0% [ 0 ]
Muito bom
0%
 0% [ 0 ]
Bom
0%
 0% [ 0 ]
Regular
0%
 0% [ 0 ]
Péssimo
0%
 0% [ 0 ]
Votos Totales : 0
 

AutorMensaje
Celina Maura Nantes
Admin
avatar

Cantidad de envíos : 633
Fecha de inscripción : 19/11/2008
Edad : 46
Localización : Asunción - Paraguay.

25022009
MensajeESCRITO 40 - SOMOS FILHOS DE DEUS?

DE: JAIME DIAZ PAGE (MEXICO)
Tradução: Celina Nantes (BRASIL)
SETEMBRO DE 2006

ESCRITO 40


SOMOS FILHOS DE DEUS?


Amados irmãos e amigos, neste escrito faremos constar declarações dos Reveladores celestes e de Jesus de Nazaré relativas à nossa filiação divina com o Pai Universal, contidas na Revelação divina do Livro de Urântia, a quinta revelação de Deus ao homem. Vejamos o que nos dizem os Reveladores celestes.

DECLARAÇÕES DOS REVELADORES

Um Conselheiro Divino de Uversa nos ensina que em nosso intelecto humano reside um fragmento real de Deus, que estamos espiritualmente habitados por um Ajustador do Pensamento para que possamos alcançar a sobrevivência espiritual. Que por meio da contemplação interior do fragmento espiritual, podemos encontrar a Deus e tentar comungar com Ele. Mais adiante diz que a religião de Jesus proclama a boa nova de “conhece a Deus e conhece-te a ti mesmo como um filho de Deus”. (62:1); (63:5); (67:6) Deus vive em nós e podemos contatá-lo ao reconhecer que somos filhos de Deus, de acordo à revelação da verdade.

Um Censor Universal de Uversa nos diz que o Pai Universal outorga personalidade aos diferentes seres que habitamos a realidade universal (superuniversos e universos), que nós fomos dotados por Ele, de personalidade finita mortal no nível funcional de filhos ascendentes de Deus. Que esta dotação de personalidade assinala nosso parentesco inicial com Deus com nosso Pai Criador e que estando nosso “eu” residido por um fragmento de Deus, somos de fato filhos espirituais de Deus. (194:1); (195:6)

Um Mensageiro Poderoso designado para Gabriel, em Sálvington, nos ensina várias coisas ao respeito:

a) que nós os humanos (mortais) estamos no último elo da corrente de seres que se chamam filhos de Deus. b) que se nos considerará filhos ascendentes no momento em que nos fusionemos com nossa chispa divina, com nosso Ajustador do Pensamento que reside em nossa mente humana. Que nosso estado atual é de filhos de fé até que se realize a fusão definitiva com nosso Ajustador. c) que é um fato solene e supremo que sendo criaturas baixas e materiais, os seres humanos de Urântia somos os filhos de Deus, filhos pela fé do Altíssimo. “Observai, que tipo de amor que o Pai nos têm outorgado, para que sejamos chamados de filhos de Deus.” “A quantos O receberam Ele deu-lhes o poder de reconhecer que são os filhos de Deus.” E por que vós sois filhos, Deus tem enviado o espírito de Seu Filho aos vossos corações.” d) que somos seres humanos que pertencemos à família divina e que portanto somos chamados filhos de Deus. Que temos o direito de chamar-nos filhos de Deus. (445:2); (447:5); (448:1,2)

Continua o Mensageiro Poderoso dizendo-nos que dentro de todos nós os seres humanos, habita um fragmento do Pai Universal e que portanto estamos diretamente emparentados com o Pai divino de todos os filhos de Deus. Agrega que em qualidade de filhos de Deus compartilhamos a paternidade de Deus e que Deus nos ama a todos por igual, que Deus não faz diferença. Que o amor de Deus a nós é verdadeiro, sagrado, divino, ilimitado, eterno e único, um amor doado a cada filho e filha de maneira individual, pessoal e exclusiva.

O Mensageiro Poderoso finaliza com estas palavras dirigidas a nós: “vós como humanos podeis agora reconhecer vosso lugar na família da filiação divina e começar a sentir a obrigação de aproveitar-vos das vantagens tão livremente provistas pelo plano do Paraíso para a sobrevivência humana, tal plano tem sido tão grandemente enaltecido e iluminado pela experiência de vida de um Filho outorgador (Jesus de Nazaré). Todas as facilidades e todos os poderes foram provistos para assegurar vosso alcance último da meta Paradisíaca de perfeição divina” (445:2); (447:5); (448:1,2,8); (454:2,3) .

Um Mensageiro Solitário de Orvônton (nosso Superuniverso) diz-nos que embora o Pai Universal resida pessoalmente no Paraíso, também está realmente presente nos mundos do espaço, nas mentes dos seus inumeráveis filhos do tempo, porque reside neles como os Monitores Misteriosos (Ajustadores do Pensamento). Que o Pai eterno está muito longe, mas ao mesmo tempo está mais intimamente associado do que ninguém com seus filhos mortais (humanos) planetários. (1176:1)

Afirma o Mensageiro Solitário que o Ajustador do Pensamento (monitor misterioso) é a realidade universal divina que faz um fato a verdade de que Deus é nosso Pai, Pai do homem. (1177:1)

Um Melquisedeque de Nébadon nos diz que uma viva em nossa origem supra-humana (DEUS), valida nossa crença de que somos filhos de Deus tornando reais nossas convicções altruístas, os sentimentos de irmandade do homem. (1134:8) Vejamos agora o que nos ensina nosso Pai Criador Jesus de Nazaré.


Última edición por Celina Maura Nantes el Miér 25 Feb 2009, 08:56, editado 1 vez
Volver arriba Ir abajo
http://estudiandourantia.2forum.biz/forum.htm

 Temas similares

-
» ¿somos cariñosos los epilépticos? Por favor, participa !
» Somos Docentes, leñe.
» Escrito en los huesos
» Mujer alemana vive sin dinero – Todos somos iguales, afirma
» Hola somos Sinuhé y Jessica ( Sinje,jejeje)
Compartir este artículo en : Excite BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahooSmarking

ESCRITO 40 - SOMOS FILHOS DE DEUS? :: Comentarios

avatar
Re: ESCRITO 40 - SOMOS FILHOS DE DEUS?
Mensaje el Miér 25 Feb 2009, 08:53 por Celina Maura Nantes
DECLARAÇÕES DE JESUS DE NAZARÉ

Quando falou sobre o “Conceito de Deus”, Jesus disse: “E agora, conhecemos a Deus como nosso Pai no céu. Nosso ensino proporciona uma religião na qual o crente é um filho de Deus”. (1598:9) A Flávio, o judeu grego lhe disse: “Se tu amas o teu semelhante como amas a ti próprio, realmente sabes que és filho de Deus”. (1600:4) Certa vez, Jesus passou uma noite com um rico proprietário de escravos e lhe falou do homem como um filho de Deus. (1461:4). Ao jovem Fortunato, temeroso e abatido, disse-lhe que regressasse rapidamente ao seu dever e que vivesse sua vida na carne como um filho de Deus. (1438:2).

Na cidade de Ramá, Jesus disse a Tomé: “O Filho (Michael) está dotado naturalmente com a vida do Pai. Tendo sido dotados com o espírito vivo do Pai, vós sois portanto filhos de Deus. Continuou Jesus dizendo: “Ao princípio credes que sois os filhos de Deus porque meu ensino vos tornou mais conscientes do direcionamento interior da presença do nosso Pai que habita em vós, mas em breve o Espírito da Verdade será vertido sobre a toda carne e viverá entre todos os homens e ensinará a todos os homens....E este Espírito da Verdade que fala em favor dos dons espirituais das vossas almas, vos ajudará a saber que vós sois os filhos de Deus. Infalivelmente dará o testemunho com a presença interior do Pai, vosso espírito,... dizendo-vos que na realidade sois os filhos de Deus. (1642:1,2)

Pela noite no acampamento do Monte das Oliveiras, Jesus respondeu o seguinte ante uma pergunta de Tomé: “Que tenhais aceito uma vez a filiação no reino celeste, não vos salvará frente à rejeição consciente e persistente daquelas verdades que têm que ver com a produção progressiva dos frutos espirituais dos filhos de Deus na carne. (1916:3)

No acampamento de Pela, ao regressar os setenta discípulos da sua gira de predicação por várias cidades, Jesus lhes disse: “Vós tendes ingressado nessa grande tarefa de ensinar ao homem mortal que ele é um filho de Deus. Mostrei-vos o caminho; saí a fazer vosso dever e não vos canseis de fazer o bem”. (1808:1).

As seguintes são palavras de Jesus a Amós, conhecido como o lunático de Queresa: “Amós, tu não estás possuído por um demônio; já ouviste a boa-nova de que tu és um filho de Deus. Ordeno-te que saias desse transe... Jesus lhe disse a Amós, Não esqueças que és um filho de Deus. Retorna para o teu próprio povo e mostra a eles que grandes coisas tem feito Deus fez por ti”. (1696:3; 1697:1)

Diante de uma pergunta de Tomé que não conseguia captar o significado de um ensino, Jesus lhe respondeu: “Tu não compreendes que vos estou ensinando como filhos espirituais na família espiritual do céu, da qual o chefe paterno é um espírito infinito e eterno?”. (1605:2)

Tomé perguntou a Jesus: “Quem é este Deus do reino?”, Jesus replicou: “Deus é teu Pai, e a religião – meu evangelho — é nada mais e nada menos do que crer e reconhecer a verdade, de que és seu filho. E eu estou aqui entre vós, na carne, para clarificar essas duas idéias com minha vida e meus ensinos”. (1590:6)

Na noite do dia em que Jesus consagrou aos doze apóstolos, Simão Zelote lhe pergunto a Jesus: “Mas Mestre, todos os homens são filhos de Deus?” E Jesus respondeu: “Sim, Simão, todos os homens são filhos de Deus, e essa é a boa-nova que estais indo proclamar”. Os apóstolos não podiam compreender tal doutrina; era uma proclamação nova, estranha e surpreendente. E foi por causa do seu desejo de inculcar neles essa verdade que Jesus ensinou aos seus seguidores a tratar a todos os homens como seus irmãos. (1585:5)

Uma noite antes de sair de Pela, Jesus deu aos apóstolos ensinos adicionais sobre o reino. Disse-lhes entre outras coisas o seguinte: “Mas, filhos meus, não veis com os olhos da fé, e não ouvis com o entendimento do espírito. Declaro que o reino do céu é a compreensão e o reconhecimento do governo de Deus no coração dos homens. É verdade que há um Rei neste reino, e esse Rei é meu Pai e vosso Pai. Somos em verdade os seus súditos leais, mas muito mais além desse fato se encontra a verdade transformadora de que somos seus filhos”. Mais adiante disse: “mas quando, por causa do evangelho do reino que vim proclamar, descobris pela fé que sois filhos, já não vos seguis considerando como criaturas sujeitas à lei de um rei todo-poderoso, senão como os filhos privilegiados de um Pai amoroso e divino... mas quando acreditais nesse novo evangelho de filiação divina, a vontade do meu Pai torna-se a vossa vontade, e sois elevados à alta posição dos filhos livres de Deus, filhos liberados do reino.” (1588:4,5); (1589:1).

Na décima sexta aparição moroncial Jesus disse aos apóstolos, discípulos e crentes que deveriam dar ouvidos às suas palavras e não cometessem de novo o erro de escutar seu ensino com a mente, sem compreender seu significado com o coração. “Desde o princípio de minha estada aqui como um de vós, ensinei-vos que minha única finalidade era revelar a meu Pai no céu a seus filhos na terra. Vivi a doação de revelar a Deus para que possais experimentar a carreira de conhecer a Deus. Revelei a Deus como vosso Pai no céu; revelei a vós como os filhos de Deus na terra. O que o mundo mais necessita saber, é que os homens são filhos de Deus, e que podem compreender realmente pela fé essa enobrecedora verdade, e experimentá-la diariamente. Minha doação deveria ajudar a todos os homens a saber que são filhos de Deus”. (2052:3,4); (2053:1)

“Eu vivi entre vós como o Filho do Homem, para que vós e todos os outros homens possam saber que todos sois verdadeiramente os filhos de Deus”. “O evangelho do reino vos ensinou que todos os homens são filhos de Deus. E essas boas-novas a respeito do amor do Pai celeste por seus filhos na Terra, deve ser levada a todo o mundo. A salvação (da alma) é a dádiva de Deus para todos os que crêem que são os seus filhos. (2053:2,5).

Na décima oitava aparição Jesus disse: “Essas grandes verdades e esses fatos universais estão todos relacionados com este evangelho, no sentido de que são parte do resultado de acreditar nas boas-novas, e estão contidos na experiência subseqüentedaqueles que, pela fé (viva), tornam-se de fato e na verdade nos filhos perpétuos do Deus eterno. (2054:4).

Minutos antes de sua ascensão, Jesus disse aos onze apóstolos o seguinte: “Por meio dos frutos espirituais de vossas vidas, impulsionai às almas a acreditar na verdade de que o homem é um filho de Deus, e de que todos os homens são irmãos. Recordai tudo o que vos ensinei e a vida que vivi entre vós. Meu amor vos protege, meu espírito residirá convosco e minha paz morará em vós. Adeus.” (2057:4)

A Comissão de seres Intermediários que apresentou a narrativa da vida de Jesus nos diz que o Mestre exaltou e elevou a idéia do conceito de Deus como Pai, mediante uma experiência sublime e uma nova revelação de Deus, proclamando que toda criatura mortal (ser humano) é filho desse Pai de amor, um filho de Deus. (2087:2).

A meu entender, as declarações contundentes dos Reveladores celestes e de Jesus de Nazaré, deixam claramente estabelecido, sem lugar a dúvidas, que todos os seres humanos somos verdadeiramente filhos de Deus; e que podemos tornar-nos pela fé viva, nos filhos perpétuos do Pai Universal.




NOTA: Este trabalho usa citações procedentes de The Urantia Book, ©️ 1955 Urantia Foundation, 533 Diversey Parkway, Chicago, Illinois 60614, EE.UU; +1 (773) 525-3319; http://www.urantia.org/spanish ; todos os direitos reservados. Os pontos de vista expressados neste trabalho são do autor e não representam necessariamente os pontos de vista da Fundação Urantia ou de suas filiais.
 

ESCRITO 40 - SOMOS FILHOS DE DEUS?

Ver el tema anterior Ver el tema siguiente Volver arriba 

Página 1 de 1.

Permisos de este foro:No puedes responder a temas en este foro.
Estudiantes del Libro de Urantia :: Trabajos sobre "El Libro de Urantia" - Trabalhos sobre "O Livro de Urântia" :: Estudos sobre O Livro de Urântia-
Cambiar a:  
Crear foros gratis | © phpBB | Foro gratis de asistencia | Contactar | Denunciar un abuso | foro gratis